Ciclo PDCA

O Ciclo PDCA também chamado de Ciclo Deming ou Ciclo de Shewhart – é uma ferramenta baseada na repetição, aplicada sucessivamente nos processos buscando melhoria contínua, por meio de um circuito de quatro ações: Planejar (Plan), Fazer/Desenvolver (Do), Checar (check) e Agir (Act).

Ela pode ser utilizada em qualquer área que busque atingir um nível excelência. Seu principal objetivo é tornar os processos mais ágeis, claros e objetivos. Segundo Vieira Filho “Esse método é largamente utilizado na busca da melhoria continua tão necessária para o sucesso dos negócios.”.

 

Planejar – 1º parte do Ciclo

Foco no objetivo e em resultados. Nesta etapa você estabelece os processos necessários para entrega de resultados conforme o projetado (objetivos ou metas).  Para Vieira Filho “definidas as metas, deve-se definir os métodos para atingi-las. Nesta etapa, também são definidos os procedimentos que serão seguidos para a obtenção das metas.

Fazer/Executar – 2º parte do Ciclo

Hora de executar o plano de ação que foi criado. É importante para o bom desenvolvimento do processo. Desta forma, é necessário fazer e analisar cuidadosamente cada passo tomado para evitar falhas e garantir maior efetividade das ações tomadas.

Checar – 3º parte do Ciclo

Neste passo a equipe checa e analisa tudo que foi feito e os resultados obtidos de acordo com o plano de ação inicial. Essa “checagem” pode ser realizada durante todo o ciclo já que serve para a constante verificação do trabalho (se ele está sendo executado de forma correta) e também para seus resultados e indicadores (quando se verifica estatisticamente seus dados, como falhas e erros.)

Agir – 4º e último passo do Ciclo

Na checagem são identificados problemas e falhas que serão corrigidos neste passo.

Se você realmente quer compreender o PDCA, precisa ter em mente que essa é a hora de PADRONIZAÇÃO DOS PROCESSOS, compartilhamento de todo aprendizado com os envolvidos no processo, reflexão sobre o que pode ser alterado e fazer o PDCA girar novamente (Ciclo de melhoria contínua)

 

 

Referência: VIEIRA FILHO, Geraldo (2014). Gestão da Qualidade Total: uma abordagem prática.L. Campinas: Alinea. 24 páginas