De ficção científica a matemática: cinco livros que Bill Gates recomenda

Não sabe o que ler no próximo mês? Talvez você se interesse por algum dos livros que Bill Gates, o fundador da Microsoft, incluiu em uma lista de recomendações que publicou em seu blog, Gatesnotes.
O magnata da tecnologia disse que não há `ciência` por trás de sua seleção.
`São simplesmente livros que eu amei, que me fizeram pensar de forma diferente e me mantiveram acordado quando eu deveria ir dormir`, diz.
Gates também espera que os leitores `encontrem pelo menos um livro aqui que os inspire a sair do caminho estabelecido`.
Veja abaixo as publicações escolhidas por Gates.
1. `Seveneves`, Neal Stephenson (sem tradução em português)
Em seu blog, Bill Gates escreveu que passou cerca de 10 anos sem ler nada de ficção científica quando um amigo recomendou esse romance. `A história começa na primeira frase, quando a lua explode`, afirmou.
De acordo com a resenha da obra, a humanidade descobre que em dois anos uma chuva de meteoros destruirá a vida na Terra, e então elaboram um plano para a salvação, colocando em órbita a maior quantidade possível de naves espaciais.
Segundo o jornal americano `New York Times`, o livro também questiona quais seriam as consequências de uma catástrofe dessa magnitude na `economia, nos governos, privacidade e segurança e em questões como os direitos reprodutivos e religião`.
Gates disse que Stephenson, o autor, `claramente pesquisou` sobre naves espaciais e que `amou os detalhes técnicos`. “Seveneves` me inspirou a retomar o meu hábito de ficção científica`, escreveu.
2. `O Poder do Pensamento Matemático – A Ciência de Como Não Estar Errado`, Jordan Ellenberg
De acordo com Gates, o livro explica como a matemática aparece em nossas vidas diárias sem ser percebida.
O bilionário alertou que, embora a matemática fique um pouco complicada, o autor sempre resume as coisas para se certificar de que sejam compreendidas pelo leitor.
Em uma resenha, o `Washington Post` disse que `o talento de Ellenberg para encontrar situações da vida real que ilustram os princípios matemáticos poderia dar inveja a qualquer professor de matemática`.
`A ideia principal do livro é, como Ellenberg escreve, `fazer matemática é ser tocado pelo fogo e chamado pela razão` e que há maneiras nas quais todos nós estamos fazendo matemática, o tempo todo`, afirmou Gates.
3. `The Vital Question`, Nick Lane (sem tradução em português)
Bill Gates acredita que mais pessoas deveriam conhecer o trabalho do autor Nick Lane. Este livro, de acordo com o empresário, tenta fazer com que os leitores apreciem o papel desempenhado pela energia nas coisas vivas.
`Nós só podemos entender como a vida começou e como os seres vivos tornaram-se tão complexos ao entender como funciona a energia.`
Ele acrescenta que, mesmo que Lane esteja errado, suspeita que `seu enfoque na energia será visto como uma contribuição importante para a nossa compreensão de onde viemos`.
4. `The Power to Compete`, Ryoichi Mikitani e Hiroshi Mikitani (sem tradução em português)
Gates explicou em seu blog que este livro questiona a razão de grandes empresas do Japão nos anos 1980 terem sido ofuscadas por concorrentes da Coreia do Sul e China e se estas empresas podem ser revitalizadas.
A obra reúne uma série de diálogos entre Ryoichi, economista que morreu em 2013, e seu filho Hiroshi, fundador da empresa de vendas online Rakuten.
`Embora eu não concorde com tudo o que Hiroshi diz, acho que ele tem várias boas ideias. `The Power to Compete` (`O Poder de Competir`, em tradução livre) é um olhar inteligente para o futuro de um país fascinante`, disse.
5. `Uma breve história da humanidade – Sapiens`, Yuval Harari Noah
Gates contou que sua esposa, Melinda, também leu Sapiens e eles tiveram longas conversas sobre o livro.
Ele destacou o `enorme desafio` assumido por Harari: `contar toda a história da raça humana em apenas 400 páginas.`
Além dos avanços tecnológicos, o jornal britânico Guardian afirmou em uma resenha que o livro inclui momentos como `o desenvolvimento da linguagem, a capacidade de pensar em temas abstratos e, o mais importante, a fofoca.`
`Recomendaria `Sapiens` a qualquer um que esteja interessado na história e no futuro de nossa espécie`, disse Gates.
Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/geral-36348086