Fui demitido e agora?

Muitas pessoas comentam sobre a dificuldade de passar por uma demissão, mas alguns passos simples podem aliviar essa fase de transição e até mesmo fazer com que seja mais rapidamente revertida.
Vamos exemplificar alguns desses passos aqui:

  1. MANTENHA A CALMA – Confie no seu potencial e lembre-se muitas outras portas estão abertas para você no mercado de trabalho, vamos encontra-la e quem sabe descobrir uma oportunidade melhor ainda do que a que você estava?
  2. ORGANIZA SUAS FINANÇAS PESSOAIS – Diferencie e identifique quais são suas despesas fixas (aluguel, água, luz, energia, condomínio…) e diminua seus gastos extras. Talvez fazer uma comida ao invés de pedir aquele lanche ou marcar um cineminha em casa auxilie na diminuição desses gastos. Lembre-se que 01 coca-cola dia, deex.: R$ 6,00, 5x na semana, totalizam R$120,00 no mês. Pequenos cortes fazem muita diferença no fim do mês.
  3. INVISTA EM VOCÊ – Shakespeare já diria “Plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores”. O mercado de trabalho pede por profissionais qualificados e hoje em dia não investir no seu bem mais valioso que é seu intelectual é a mesma coisa que esperar grandes empresas lhe procurarem sem ter nada a lhe oferecer. Como dito na dica 1 “Confie no seu potencial” e INVISTA nele. Hoje em dia, ter ensino superior, pós graduação, falar outros idiomas ter habilitação é o básico boas oportunidades.
  4. ATUALIZE O SEU CURRICULO – Tenha sempre em mãos seu currículo atualizado. Ferramentas dentro do próprio Google vão lhe auxiliar a montar um, mas lembre-se de que um currículo na gaveta não é um currículo no mercado. Divulgue-o, utilize outras mídias e redes sociais para se disponibilizar ao mercado. Quem não é visto não é lembrado!