Herdeiro de 19 anos cria app para vender carne de R$ 299/kg pelo celular

Com apenas 19 anos, o estudante de administração Ricardo Sechis Filho está inovando os negócios da família com o lançamento de um aplicativo para vender carne gourmet e itens de churrasco pelo celular direto ao consumidor final.
É possível comprar cortes nobres, como o bife ancho Kobe, do boi da raça Wagyu, de origem japonesa, que custa R$ 299 o quilo. Para desenvolver sua ideia de aplicativo, ele contratou a empresa de tecnologia VKT Brasil.
Ele é um dos herdeiros da marca de carnes Beef Passion, que possui uma loja em São Paulo e fornece para restaurantes de todo o país, inclusive para chefs renomados como Alex Atala. A família cria gado desde 1987 e, em 2006, lançou a marca Beef Passion para comercializar seus produtos.
Desde cedo, Sechis Filho se envolveu nos negócios da família. “Comecei a trabalhar aos 15 anos, vendendo espetinho na porta da escola”, diz.
A empresa trabalha apenas com carnes nobres, pois cria bois da raça australiana Angus e da japonesa Wagyu.

Funciona em Brasília e deve chegar a SP e RJ em 2017

O aplicativo, chamado Boutique Passion, funciona inicialmente apenas em Brasília, onde Sechis Filho mora. Está disponível no Google Play e na Apple Store. O objetivo é levar o delivery pelo celular também para São Paulo, Rio de Janeiro e Goiânia no ano que vem. Em São Paulo, são realizadas vendas ao consumidor final apenas na loja ou pelo telefone.
Sechis Filho diz que a ideia surgiu ano passado, na disciplina Criação de Negócios, na faculdade de administração, que ele cursa na UnB (Universidade de Brasília). “A ideia é expandir a atuação da nossa marca, mas totalmente por delivery, via aplicativo, site e telefone.”
O investimento no aplicativo foi de R$ 46 mil. Por ele, é possível fazer compras de itens avulsos, com prazo de entrega que pode chegar a cinco dias se o produto não tiver em estoque, e também participar de um clube de assinatura, o Butcher’s Club, que envia cortes diferentes todo mês.
Os preços das assinaturas variam entre R$ 129 e R$ 369 por mês, de acordo com o tipo de carne e quantidade. Ele diz ter 40 assinantes em Brasília e espera chegar a 250 em 2017, além de levar o clube também para outras cidades.
“Nosso produto já é reconhecido pela qualidade, agora, queremos ser reconhecidos por oferecer serviço e atendimento que ninguém faz”, declara.

Agilidade na entrega pode aumentar vendas

Para Alberto Ajzental, professor de empreendedorismo e estratégia de negócios da FGV (Fundação Getúlio Vargas), essa é uma boa estratégia de vendas, pois se trata de um produto para um público muito específico e com demanda restrita.
“Não é necessário investir em loja física porque não é uma compra por impulso. Se o produto está bem posicionado e a marca é conhecida, os clientes virão”, afirma.
Ele diz, no entanto, que é necessário investir em agilidade na entrega para conseguir mais vendas. “Nem sempre o cliente se programa com antecedência para um churrasco. É diferente da venda para um restaurante, em que a compra é planejada.”
Fonte: http://economia.uol.com.br/empreendedorismo/noticias/redacao/2016/11/04/herdeiro-de-19-anos-cria-app-para-vender-carne-de-r-299kg-pelo-celular.htm