Irmãos dão adeus a Dom Paulo Evaristo Arns antes de sepultamento na Sé

Dom Paulo Evaristo Arns, catarinense faleceu na manhã desta quarta-feira (14).
Três irmãos de Dom Paulo Evaristo Arns ficaram ao lado do corpo do irmão no velório na Cateral da Sé nos momentos finais que antecedem a cerimônia de sepultamento do arcebispo emérito de São Paulo, que morreu na manhã de quarta-feira (16). Arns será sepultado na cripta da catedral.
Otília, Zélia e Felipe Arns ficaram ao lado do corpo de Dom Paulo para o último adeus ao religioso. “O amor dele pelo próximo sempre foi muito grande”, disse Otília Arns, irmã do cardeal. Às 15 horas, o arcebispo Dom Odilo Scherer deu início à última missa antes do sepultamento do cardeal. Entre as autoridades presentes estão o governador Geraldo Alckmin, o prefeito Fernando Haddad, o prefeito eleito João Doria e o ministro da Justiça Alexandre de Moraes.
Centenas de fiéis foram à Sé se despedir de Dom Paulo. A professora Maria do Carmo Souza, 60 anos, foi à catedral acompanhar a cerimônia. “Moro no bairro do Limão e frequento a igreja católica, mas aqui na Sé venho raramente. É uma pessoa que vai deixar saudade, um exemplo a ser seguido e por isso precisamos prestigia”, afirmou.
Dom Paulo Evaristo Arns será sepultado na Catedral da Sé
Maria Lúcia Martins Cronenberg e Antonia são irmãs e vieram de Osasco para a despedida. “Ele vai deixar um legado de exemplo para a igreja, principalmente na área social, ninguém fez aqui p que ele fez desde a ditadura. Tomei café na casa paróquial com ele uma vez”, disse Maria Lúcia.
Os fiéis também poderão acompanhar por telões, na tarde desta sexta-feira (16), o sepultamento do cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, marcadao para iniciar por volta das 16h na cripta da Catedral da Sé. O velório de Dom Paulo começou na última quarta-feira (14), dia da morte do cardeal, e recebeu a visita de milhares de pessoas na igreja no Centro de São Paulo.
A professora Maria do Carmo Souza, 60 anos, foi ver a missa em homenagem a Dom Paulo Evaristo Arns (Foto: Tahiane Stochero/G1)A professora Maria do Carmo Souza, 60 anos, foi ver a missa em homenagem a Dom Paulo Evaristo Arns (Foto: Tahiane Stochero/G1)
A professora Maria do Carmo Souza, 60 anos, foi ver a missa em homenagem a Dom Paulo Evaristo Arns (Foto: Tahiane Stochero/G1)
Desde que começou o velório na Capital da Sé, da quarta-feira, são celebradas missas a cada duas horas. Nesta quinta, estiveram na cerimônia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, parentes do cardeal, amigos, além de fiéis que lotaram o templo.
A emoção tomou conta de Clarice Herzog, viúva do jornalista Vladimir Herzog, assassinado sob tortura pela ditadura militar. Clarisse se despediu em silêncio do amigo que abriu as portas da igreja quando muitos viravam as costas.
Nadia Maria Gouveia, Maria Lucia e Antonia Cronenberg foram à Sé (Foto: Tahiane Stochero/G1)Nadia Maria Gouveia, Maria Lucia e Antonia Cronenberg foram à Sé (Foto: Tahiane Stochero/G1)
Nadia Maria Gouveia, Maria Lucia e Antonia Cronenberg foram à Sé (Foto: Tahiane Stochero/G1)
Guardas tomam conta da entrada da cripta, onde Dom Paulo será seputado (Foto: Tahiane Stochero/G1)Guardas tomam conta da entrada da cripta, onde Dom Paulo será seputado (Foto: Tahiane Stochero/G1)
Guardas tomam conta da entrada da cripta, onde Dom Paulo será seputado (Foto: Tahiane Stochero/G1)