Promoções do Dia do Consumidor no comércio eletrônico miram saque das contas inativas do FGTS

O Dia do Consumidor, comemorado nesta quarta-feira, 15 de março, ganha força neste ano a partir de promoções nas lojas online. O e-commerce promove até sexta-feira a Semana do Consumidor, com descontos equivalentes à Black Friday.
A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico em Santa Catarina (ABComm-SC) espera R$ 224 milhões em vendas no país, um acréscimo de 18% em relação ao ano passado. Mais do que no consumo, a entidade ainda projeta que o Estado se destaque no fornecimento de produtos a partir de lojas virtuais, principalmente da indústria catarinense.
O saque das contas inativas do FGTS pode incrementar a quarta edição do dia e da semana do consumidor. O comércio está de olho nos R$ 3,8 bilhões que foram liberados pela Caixa Econômica Federal somente no primeiro dia de saques, na sexta-feira passada.
— As pessoas começaram a procurar o Buscapé, vimos um crescimento muito forte nos acessos logo depois do Carnaval, que costuma ser um período fraco, coincidindo com as notícias sobre o FGTS. Existe a intenção de compra. Isso mostra que o consumidor também tem otimismo de que não vai ser mandado embora (do emprego), que pode gastar o dinheiro do FGTS, não para extravagâncias, mas para realizar um desejo — considera o vice-presidente de produtos do Buscapé, Fábio Sakae.
Para o Buscapé, o Dia do Consumidor é a quarta maior data do ano, ficando atrás da Black Friday, Natal e Dia das Mães, nesta ordem. Ainda não é grande a adesão de lojas físicas catarinenses neste ano, pelo menos, não com os mesmos descontos oferecidos pelo e-commerce nesta temporada, mas a tendência é de que a data se consolide nos próximos anos nas lojas de rua, acompanhando o crescimento inicial na internet.
Mesmo com o Dia do Consumidor sendo próximo da Páscoa, que neste ano cai no terceiro domingo de abril, março ainda é um mês vazio de datas comemorativas que sejam rentáveis para o comércio. Este 15 de março preenche uma época lenta para o varejo como acontece com a Black Friday no mês de novembro. É uma oportunidade, portanto, de movimentar as vendas. E o início dos saques das contas inativas do FGTS veio como um impulso neste ano.
De olho nos eletrônicos
Eletroeletrônicos são o foco principal das promoções nesta data, assim como costuma ocorrer na Black Friday. O faturamento das compras on-line no país nesta data, em 2016, chegou a R$ 224 milhões, e a expectativa da Ebit, empresa referência em informações sobre o varejo eletrônico brasileiro, aponta para um faturamento de R$ 265 milhões neste ano. Também crescem os mercados da moda e o de produtos automotivos.
— Percebemos a questão econômica da população pelo tipo de produto que começa a aparecer. Neste ano, tem sido muito relacionado à manutenção de carro. As pessoas deixam de trocar de carro e optam por comprar o pneu on-line — observa Fábio.
A data em Santa Catarina
Com nova diretoria recém-empossada na terça-feira, o Procon de Santa Catarina não preparou ações para a data que foca no consumidor. Conforme o novo diretor Michel da Silva, a missão foi delegada aos municípios.
— A antiga gestão já tinha deixado articulado alguns programas para essa semana, com os Procons municipais fazendo essa ação de maneira distrubuída e conosco prestando auxílio com informações, fornecimento de códigos [de Defesa do Consumidor] para distribuição e colaborando com suporte, apoio, e técnicos — disse por telefone ao DC.
Já a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico em Santa Catarina (Abcomm-SC) prepara no fim do mês o 2º Seminário Catarinense de Comércio Eletrônico para marcar o Dia do Consumidor. O evento acontece no dia 30, na Unisul em Palhoça (confira a programação abaixo).
O presidente, Cristiano Chaussard, reforça a importância da data na consolidação do comércio eletrônico:
— É um contrapeso em relação ao semestre, porque a maior parte do calendário promocional de alto consumo está no segundo semestre, que é Black Friday e Natal. Isso acaba desequilibrando. A aposta no Dia do Consumidor, uma data consolidada no mundo, sirva como força maior para que primeiro semestre tenha algum peso de consumo, um equilíbrio de faturamento — avalia.
Em conjunto com o departamento de pesquisas da Fecomércio, a Abcomm-SC ainda pretende realizar levantamentos de mercado para o comércio eletrônico no Estado. Essa é a primeira ação inter-institucional da entidade catarinense focada em e-commerce.
Fonte: http://dc.clicrbs.com.br/sc/estilo-de-vida/noticia/2017/03/promocoes-do-dia-do-consumidor-no-comercio-eletronico-miram-saque-das-contas-inativas-do-fgts-9748711.html